Vitamina D – 4 formas para evitar uma deficiência durante o inverno

Fitness

A vitamina D, também chamada de “vitamina do sol”, possui inúmeras funções de extrema importância no funcionamento do nosso organismo!

Regulagem da absorção de cálcio e fósforo no intestino; auxílio no funcionamento do sistema imunológico; e combate a doenças são algumas dessas funções.

A vitamina D ainda auxilia no desenvolvimento de ossos e dentes, na regulação do humor e na prevenção de depressão!

Ou seja, se você achava que essa vitamina era importante, mas não tinha a real ideia do quanto, agora você já sabe!

O que você sabe – com certeza – é que uma das formas de obter essa importante vitamina é através da exposição solar. Mas e no inverno?

Época em que a maioria dos dias são chuvosos, nublados, e quando há sol, os raios são menos intensos!

Como então garantir que nesta época nós tenhamos a quantidade necessária de vitamina D para nosso corpo?

Para sabermos se estamos ou não com deficiência dessa vitamina, é necessário buscarmos um médico!

Mediante o resultado do exame, seus hábitos e outros exames, o médico avaliará o que é preciso para você suprir uma deficiência, por exemplo.

Provavelmente, alguma – ou todas – as recomendações dele estarão relacionadas as maneiras que listei abaixo:

Vitamina D – 4 formas para evitar deficiência durante o inverno

1. Alimentação

Uma das melhores fontes de vitamina D são através de alguns alimentos! Já até falei sobre isso aqui. Se você ainda leu, clique aqui.

Cogumelos e peixes, como a sardinha e o salmão são ótimas fontes dessa vitamina! Ovos também!

Vitamina D no inverno 1 - Vitamina D - 4 formas para evitar uma deficiência durante o inverno

O importante é você se certificar de que a procedência desses alimentos é a melhor possível. Como no caso do salmão.

É preciso ter cuidado e saber escolher o salmão. Inclusive fiz um post bem explicativo sobre isso – clique aqui!

2. Suplementação

Como é difícil garantir a suficiência da vitamina D através de bons alimentos e da exposição solar, muitas vezes é necessário e recomendado a suplementação.

Por isso mais uma vez é necessário se consultar com um médico. Para que ele indique a quantidade necessária!

Na suplementação existem aquelas vendidas em drogarias, como outras que são puras e feitas em farmácias de manipulação.

Vitamina D no inverno 2 - Vitamina D - 4 formas para evitar uma deficiência durante o inverno

Particularmente, sou a favor da segunda opção por ser apenas a vitamina D pura!

Se você optar por essa opção também, certifique-se de de ser uma farmácia de manipulação da sua confiança ou da confiança de seu médico, ok?

3. Fique no sol, quando possível

Final de semana nublado, ou chuvoso e durante a semana grande parte do tempo dentro de um escritório dificultam receber os raios solares.

A minha dica é que você aproveite – ao menos – o horário do almoço para ficar um pouco no sol!

Mesmo que no inverno a gente fique com um milhão de roupas, se expor ao sol ainda que com o rosto apenas, já é suficiente para recebermos a vitamina D.

Vitamina D no inverno 3 - Vitamina D - 4 formas para evitar uma deficiência durante o inverno

Se você não acredita, confirma com seu médico para ver!

Então, aproveite cada segundinho que o 🌞 lhe der o ar da graça, está certo?

4. Outras formas

Existem algumas maneiras de suprir a deficiência de vitamina D!

Luzes de LED – De acordo com alguns estudos, as luzes de LED são induz a produção natural de vitamina D!

Estudos realizados nos EUA comprovaram que as luzes de LED podem ser até mais eficientes do que a exposição solar.

Nesses experimentos realizados, os pesquisadores deixam claro que as luzes de LED não substituem as outras formas. Porém, pode ser de grande ajuda em casos mais críticos.

Chocolate manipulado – A Pharmapele, farmácia de manipulação, oferece a manipulação de um chocolate que contempla vitamina D.

Com 70% de cacau, baixo teor de gordura e carboidratos, é ainda um chocolate sem lactose e sem glúten!

Nunca experimentei, mas valeria a pena para termos todos os benefícios do cacau, suprir a deficiência da vitamina D, e ainda desfrutar de uma das sobremesas mais queridinhas, não é?

De acordo com a responsável, outros ativos também podem ser adicionados, como: whey protein, colágeno, e outros!

A farmacêutica informa que em uma barrinha de 4g de chocolate pode ter uma dose de até 50 mil UI. Considerada uma dose bem elevada.

Além disso, outra dica é de tempos em tempos refazer o exame para identificar se a vitamina D já está suficiente!

Digo isto, pois alguns especialistas dizem que o contrário, ou seja, essa vitamina em excesso, pode ser prejudicial!

Agora, sabendo de todas essas formas e até dessas novidades, como esse chocolate com vitamina D, é legal que você procure seu médico e compartilhe com ele.

Quem sabe só suplementar com essa delícia já não basta! Já pensou, rs? 🍫😋

comente!
voltar-top
Todos os Direitos
Reservados © 2016 TODA FEITA