Simpatias, superstições e crendices de Ano Novo

Comportamento

São muitas as simpatias, superstições e crendices de Ano Novo. Podemos começar pelas cores como o branco, rosa, verde, azul, amarelo ou vermelho, pular as sete ondinhas, comer uma colher de lentilha, guardar grãos de romã e de uva na carteira.

O fim do ano se aproxima e o que mais vemos são reportagens com essas simpatias, superstições e crendices, que nos lembra de escolhermos a roupa branca, a cor da roupa intima e o que faremos para nos trazer sorte e fartura no ano que se iniciará, não é mesmo?

Receptivo como é o Brasil, as culturas embarcaram aqui e trouxeram as chamadas crendices, nas quais, nós calorosos e sedentos por melhores dias, depositamos nossa fé, independente de sabermos se acontecerá ou não o que estamos pedindo e pensamos, porque não pular essas sete ondas? Vai que os africanos estejam certos e meus caminhos sejam abertos no ano que vem.

Comer lentilha não faz mal, não é, e se ainda trouxer a fartura na mesa no ano inteiro como os italianos pregam, melhor ainda. E o que de ruim pode acontecer se eu guardar grãos de romã ou uva na minha carteira? Nenhum, afinal os árabes e os portugueses não estão mal assim, certo?

A verdade é que estamos necessitados de dias melhores em nossas vidas, e por isso, depositamos a nossa fé em todas essas simpatias, superstições e crendices, e em um novo ano para trazer aquilo que já poderíamos ter alcançado. Fazemos ou repetimos as listas de promessas de coisas que queremos mudar e eu lhe pergunto, porque não mudamos até agora? Fazemos listas de promessas de coisas que queremos começar e eu lhe pergunto, porque não começamos até agora?

Simpatias para Ano Novo 2 - Simpatias, superstições e crendices de Ano Novo

É fato que a fé move montanhas, mas não adianta usar a calcinha amarela, pular as sete ondas, colocar os grãos de romã e uva na carteira, e se afundar em dívidas. Simpatias, superstições e crendices feitas isoladamente não trarão aquilo que você quer se você também não fizer a sua parte.

Não existe onda, caroço e simpatias que sejam suficientes para resolver, pois você precisa colocar o basta e se pergunta: porque isto está acontecendo na minha vida? Porque consumo dessa forma? Isso realmente me faz bem? Ou apenas esconde os reais sentimentos que me levam a consumir dessa forma?

É o seu ponto final, aliado à sua fé, que ajudarão as ondas a lhe trazerem sorte; e a calcinha amarela a lhe trazer dinheiro; e os grãos a lhe trazerem fartura.

Você precisa dar o empurrão inicial para que o universo, Deus, ou a força maior (escolha aqui aquele em que você crê) possam conspirar a seu favor, porque enquanto você estiver se boicotando, as calcinhas, as ondas, os grãos, as comidas, as ondas, não passam apenas de simpatias, superstições e crendices.

O que faria?

Reflita onde você está, porque está e o que deseja conquistar em 2017.

Reflita seus erros e seus acertos. Não para você se culpar, ou se arrepender, mas para você ver o quanto você evoluiu.

Faça a lista com promessas reais e o que é necessário para você atingir esses objetivos.

Não compre só a calcinha. Se vista por inteiro com a cor daquilo que você quer.

Se possível pule a sete ondas, coma a lentilha, e guarde os caroços, mas quando fizer isso, faça de coração.

Peça a cada onda, a cada colherada, e cada caroço guardado. O resto a crença se encarrega de lhe trazer.

Assuntos mais buscados:

  • ano novo superstições
  • crendices de ano novo
comente!
voltar-top
Todos os Direitos
Reservados © 2016 TODA FEITA