Relacionamento tóxico – Como identificar um relacionamento assim?

Comportamento

Identificar um relacionamento tóxico não é algo simples como parece, ou dizem, ser!lg

Principalmente em relacionamentos mais duradouros, identificar essa situação e o quanto ela lhe afeta negativamente pode ser ainda mais difícil.

Existem várias atitudes que nos ajudam a identificar mais facilmente esses tipos de relações: abuso verbal, emocional ou atém físico; constante desrespeito e outros comportamentos sérios como esses.

Mas será que um relacionamento tóxico se resume a isso?

Não sei se você já perguntou alguma vez, mas será que o fato dele, ou dela, não ter comportamentos sérios como esses significa que o seu relacionamento é saudável?

Muitas vezes não! Mas e como afinal, identificar um relacionamento assim?

Relacionamento tóxico – Saiba como identificar se você está em um!

1. Vocês não são parentes

Um dos primeiros fatores que contribuem MUITO para um relacionamento se tornar tóxico é o fato dos casais com o tempo se tornarem mais parentes do que efetivamente um casal.

A proximidade diária aliada a rotina contribuem para isso. Fato!

Achamos que somos a mãe, ou a irmã dele! Queremos vesti-los e “mandar” eles fazerem coisas que não faz parte do nosso papel de esposa.

Pelo menos, não deveria fazer!

Por outro lado, os homens as vezes se colocam no papel do nosso pai, sendo que precisamos do homem que escolhemos para o papel de marido.

2. Excesso de brigas

Discussões são saudáveis em qualquer tipo de relacionamento. Dos pessoais aos profissionais.

Se tratando de relacionamento a discussão gerar uma briguinha ou outra pode até apimentar a relação e o sexo, como muitos, inclusive, afirmam.

Eu até não acho que esse ponto de vista esteja errado, ok?
Um relacionamento muito tranquilo, morno, talvez já não seja mais um relacionamento e sim relação de irmandade!

Porém, eu também acho que todo excesso é negativo!

Relacionamento toxico 1 - Relacionamento tóxico - Como identificar um relacionamento assim?

Neste caso o problema não é acreditar que discussão e briga faz bem ao relacionamento, mas vocês não acabarem percebendo esse excesso por acreditarem que é normal.

Vocês não perceberem o quanto isso está tornando o relacionamento tóxico!

3. Excesso de ciúmes

Excesso de ciúmes é um outro fator que contribui, e muito, para tornar o relacionamento tóxico!

Mas na minha opinião a ausência também, ok?

Sempre falo aqui no blog sobre o equilíbrio e isso é em tudo na vida! Principalmente nos nossos relacionamentos!

Ciúmes na medida certa é ótimo até para mostrarmos que nos importamos com o outro e que ele (a) é importante em nossa vida.

Mas até essa demonstração precisa ser feita de maneira natural e equilibrada!

Sem grandes exageros que, com o passar do tempo, apenas contribui para nos afastar do outro e vermos o quanto o relacionamento não está sendo saudável.

4. Pensar apenas no outro

Muitas pessoas acham que se preocupar apenas com outro é o caminho para demonstrar amor, demonstrar que se importa, etc. Porém, não é!

Primeiro precisamos nos importar conosco. Nos amar. Nos respeitarmos. Nos cuidarmos. Para então, nos importarmos, amarmos, respeitarmos e cuidarmos do outro.

E assim como um relacionamento repleto de brigas, ou totalmente morno, não é bom. Um relacionamento no qual você se importa apenas com o outro também não é o mais adequado.

Também não é sinônimo de um relacionamento próspero e saudável!

Lógico que nós devemos nos preocuparmos com nosso parceiro, nos importarmos com ele, enfim, cuidarmos como se cuidássemos de nós mesmos.

Porém, existem pessoas que se importam tanto que esquecem de si mesmas! Acabam se tornando aquelas pessoas “pegajosas” sabe?

E me desculpe quem é assim, mas ninguém gosta de alguém que seja assim 100% do tempo!

Claro que existem diversos outros fatores, mas de maneira geral, esses são fatores comuns que quase sempre tornam um relacionamento mais tóxico com o passar do tempo.

Não sou terapeuta ou psicóloga, mas lhe digo: observe tudo na vida! Inclusive seu relacionamento! 😉

comente!
voltar-top
Todos os Direitos
Reservados © 2016 TODA FEITA