Procura de emprego – 3 dicas comprovadas para ser menos estressante

Comportamento

Em tempos de crise, a procura de emprego aumenta, mas também aumentam a preocupação, o stress e o desânimo!

Ainda que não existisse crise alguma, sabemos que ser surpreendido com um “demitido” ou “desligado” ou ainda, “não faz mais parte da companhia”, não é algo agradável.

Por mais que você esteja cansado do trabalho ou insatisfeito com as diretrizes da empresa, logo chega a preocupação.

As contas, a cobrança da família, e os tempos de “relaxamento” logo terminam. Afinal, você não tirou férias por livre e espontânea vontade, certo?

E agora?

E agora que é o momento de buscar a recolocação!

Em tempos de crise como esse em que o país está atravessando, claro que as vagas diminuem.

Diversas candidaturas online. Centenas de currículos entregues nas agências de emprego. Milhares de entrevistas. E nenhum retorno!

É assim, ou não é? Têm sido assim, ou não tem?

Eu já passei por isso, quando trabalhava em escritório. E mesmo não sendo época de crise, o pânico também me abateu.

Na época aprendi algumas maneiras de tornar a procura de emprego menos estressante e preocupante!

Não é simples. A situação “procura de emprego” já causa isso de maneira inconsciente. Mas é possível amenizar.

Procura de emprego – 3 dicas para ser um processo menos estressante

1. Elimine a negatividade

Durante a procura de emprego, a primeira coisa que você deve fazer é eliminar TODA e qualquer negatividade!

Aquelas conexões das redes sociais que estão mais para baixo do que você. Familiares e amigos que mais atrapalham do que ajudam.

Deixe-os de lado nesse momento. O que estou querendo dizer? Não se vincule a essas vibrações!

A procura de emprego, sozinha, já é uma luta mental, emocional e física. Se você ainda se vincular a toda essa negatividade, você só piorará a situação.

Além do mais, isso não se lhe ajudará a conquistar o emprego!

2. Faça do seu tempo livre seu emprego

A procura de emprego passou a ser seu novo emprego. Então, não faça dele algo esporádico!

Coloque metas. Defina horários em que você se dedicará somente a isso.

Se feche em algum lugar em que você possa se concentrar apenas nisso. Sem o barulho do vizinho, o filho chorando, etc.

Se necessário, e possível, faça isso em outro lugar. Um café, por exemplo.

Aproveite também nesse planejamento para reservar um horário para você aprimorar suas competências!

Procura de emprego 1 - Procura de emprego - 3 dicas comprovadas para ser menos estressante

Aprimorar seu inglês. Cursos online sem custo algum, mas que ajudarão muito no seu currículo.

3. Faça uma pausa, mas relaxe

As pausas são necessárias e precisas durante essa procura.

Nas pausas busque relaxar. Faça uma atividade física, ainda que seja um caminhar na praça!

Nessas pausas, esqueça tudo relacionado a procura de emprego!

Quando você relaxa, automaticamente você tira seu foco desse assunto. Ao tirar o foco, você não ficará se questionando o motivo de não ligarem ainda. Se gostaram ou não de você!

Você fez sua parte!

E acredite você, ou não, o universo entenderá que agora cabe a ele se providenciar o desejado emprego!

Você ficar pensando nisso 24h, mesmo com milhares de contas, não trará o emprego mais rápido. Por isso, você precisa procurar pelo emprego, mas soltar. Ou seja, relaxar!

Pode parecer bobagem, ou até fácil escrever isso.

Mas como disse, eu passei por isso, e esse foi o melhor caminho que encontrei para passar da maneira mais tranquila possível! 😉

comente!
voltar-top
Todos os Direitos
Reservados © 2016 TODA FEITA