Manicure e pedicure: cuidados e dicas para unhas

Unhas

Sou uma apaixonada por unhas, e desde pequena aprendi todos os cuidados e a importância da manicure e pedicure. E o mais incrível é saber que os cuidados com a unha vêm de tempos que a gente nem sequer imagina. Para que vocês tenham uma ideia, existem relatos históricos que comprovam que três mil anos antes de Cristo os egípcios mergulhavam os dedos em hena. Tratava-se de uma forma muito arcaica de pintar as unhas, vejam só! Essa preocupação com a estética (e também a saúde) das mãos e pés atravessaram os tempos e chegaram até nós por meio de vidrinhos encantadores que deixam nossas mãos cheias de estilo.

Todavia, nem todas as mulheres conseguem aquele tempinho de ir com frequência a um salão para receber os carinhos e cuidados de uma manicure e pedicure. Eu aprendi a me virar bem sozinha, mas muitas mulheres possuem algumas dúvidas, além de dificuldades como a técnica certa de tirar a cutícula, manter a unha em perfeito estado, evitando que se encravem, ou a maneira correta de aplicar o esmalte. Foi pensando em você que decidi fazer um post com as dicas essenciais para cuidar bem dos seus pés e mãos, mantendo-as saudáveis e bem cuidadas. Vamos as dicas e espero que gostem.

Manicure e pedicure: materiais e produtos básicos para unhas

É importante lembrar que esse post é básico para todas as mulheres que se preocupam com a saúde das unhas, mas também serve como guia fundamental de profissionais que trabalham de maneira autônoma como manicure e pedicure, e é importante prezar muito pela saúde de seus clientes. Não é preciso mais dizer que os utensílios precisam ser muito bem cuidados, mas acima de tudo bem esterilizados, ok? Se você está pensando estudar sobre o assunto e tornar-se uma profissional do seguimento veja o que é indispensável:

– Água Oxigenada 10 volumes é indispensável, pois é comum que ocorram ferimentos ao utilizar o alicate. É a famosa cutilada na pele;

– Álcool é um item importante para desinfetar os utensílios. De preferência deve ser de 70% e é importante utilizar mesmo antes de acrescentar as ferramentas de trabalho em uma estufa (caso seja profissional);

– Algodão deve sempre estar acondicionado em recipientes fechados para evitar contaminação a sujeira. Um uso frequente é para aplicar emoliente para tirar a cutícula a seco.

Dica: Com a grande adoção da retirada da cutícula a seco cada vez mais as manicures e pedicures estão deixando de utilizar as bacias com água. Por outro lado, eu particularmente aderi a não retirada da cutícula e aplicações frequentes de cremes especiais, pois é uma forma de manter a unha muito mais saudável!

Outro item indispensável é a base, que propicia o fortalecimento da unha, e diga-se de passagem muitos homens gostam também de utilizar esse recurso, pois foi-se o tempo que unha mal cuidada em um homem é sinônimo de virilidade.

Dica: Se você perceber que o esmalte de unha está grosso adicione a ele um pouco de óleo de banana. Nunca acrescente acetona ao esmalte, por favor, JAMAIS! A acetona deve ser utilizada somente nas bordas dos vidrinhos para retirar o excesso e evitar que a tampa fique presa. O óleo de banana também é ótimo para remover esmalte da unha.

Outra dica infalível é utilizar o óleo secante para unha e assim evitar que impurezas como poeira e sujeira grudem no esmalte que ainda está umedecido.

Para quem precisa de um produto para fortalecer as unhas recomendo a utilização de um óleo de amêndoa doce fortificante. Você pode encontrar esse item em grandes lojas do mercado como a Ikesaki e outras.

Algumas curiosidades sobre suas unhas

Manicure e pedicure 2 1 - Manicure e pedicure: cuidados e dicas para unhas

Os cuidados básicos com as unhas são importantes porque leva-se muito tempo para uma unha se recuperar de qualquer tipo de problema. Leva-se normalmente 160 dias para uma unha crescer e se renovar completamente. A boa notícia é que no período pré-menstrual e também no finalzinho da gravidez as unhas das mulheres crescem muito mais rápido por conta da intensa atividade hormonal.

Além do crescimento há outros aspectos relevantes, que interessam principalmente quem sofre com alergia de esmaltes. Hoje boa parte dos produtos são do mercado são hipoalergênicos, mas é importante sempre observar em se haver um engrossamento na pele ou nas unhas. Caso perceba, procure um dermatologista.

8 coisas que afetam as unhas

1 – Carência de minerais, principalmente magnésio, silício e ferro. A carência leva ao aparecimento de manchas brancas;
2 – Corte errado provoca unhas encravadas que podem infeccionar. O melhor formato para as unhas é o de bordas arredondadas, parecido com o “formato de lua”;
3 – Estresse enfraquece as unhas e também prejudica o crescimento;
4 – Má alimentação prejudica seu corpo por completo, mas afeta também as suas unhas. A falta de nutrientes afeta a síntese de queratina que é a proteína da pele humana;
5 – A desidratação é um grande vilão que compromete a beleza das unhas;
6 – Retirada excessiva da cutícula provoca um grande estrago ao deixar totalmente exposta a raiz das unhas, além de provocar risco de infecções;
7 – Excesso do uso da lixa de unha provoca quebras e rachaduras. LIXE SUA UNHA UMA VEZ POR SEMANA E NÃO QUANDO FICAR ENTEDIADA;
8 – O esmalte tem o lado bom de prevenir a perda de umidade da fibra da unha, mas tem o lado ruim que é o de não permitir que a unha “respire”. É importante permanecer pelo menos uma vez por semana sem esmalte.

Em breve publicarei mais um post com algumas coisas para quem deseja realmente cuidar as mãos e dos pés com muito carinho. Não perca!

Assuntos mais buscados:

  • dicas essenciais para manicures
comente!
voltar-top
Todos os Direitos
Reservados © 2016 TODA FEITA